Jovem Doutor

Bauru

O Jovem Doutor em Bauru – ações para prevenir a deficiência auditiva

Ouvir música, escutar notícias do rádio ou mesmo conversar ao telefone… Para todas estas atividades a percepção dos sons pelo ouvido é essencial, mas é preciso ter cuidado com o volume dos aparelhos sonoros, que estão cada vez mais potentes e podem provocar deficiência auditiva. Se antes esse problema era comum nas pessoas mais velhas, atualmente as estatísticas têm revelado um novo grupo de pessoas com dificuldades para ouvir: os jovens. A preocupação com o aumento destes casos foi uma das razões que motivou uma equipe de professores e alunos da Universidade de São Paulo (USP) do interior do estado a trabalhar com a prevenção e o diagnóstico precoce da deficiência auditiva.

Desta forma, o Projeto Jovem Doutor, idealizado pelo professor Dr. Chao Lung Wen, chefe da Disciplina de Telemedicina (DTM) da Faculdade de Medicina (FM) da USP, ganhou adeptos fora da capital paulista e em 2008 virou uma proposta de ação para trabalhar temas voltados para os cuidados com a audição junto às escolas de Bauru, sob a coordenação da fonoaudióloga Wanderléia Quinhoeiro Blasca (FOB-USP).

Aulas presenciais, dinâmicas de aprendizagem, visitas à universidade e tutoria via Internet, através do site do Projeto Jovem Doutor (www.projetojovemdoutor.org.br) foram as principais atividades desenvolvidas para motivar os estudantes do ensino fundamental e médio a participarem do projeto e serem multiplicadores dos conhecimentos sobre saúde auditiva, prevenção e diagnóstico precoce de distúrbios auditivos e de comunicação, reabilitação auditiva e inclusão social de deficientes auditivos. Alunos de graduação e pós-graduação, sob a orientação de professores universitários, trabalharam em conjunto com estudantes das escolas, que por sua vez tiveram a tarefa de repassar os conhecimentos para a comunidade.

Como resultado das ações, a equipe da FOB vivenciou na prática as necessidades e características da população, no que diz respeito aos cuidados com a saúde auditiva. Para alunos do ensino fundamental e médio, o Projeto Jovem Doutor representou uma oportunidade de aprender sobre saúde, além da inclusão digital. O Jovem Doutor também proporcionou um maior envolvimento entre a universidade e a comunidade, e a possibilidade de aplicar os conhecimentos acadêmicos para promover saúde e qualidade de vida para a população.

Grupo que atuou no Projeto Jovem Doutor de Bauru:

Criador do Projeto Jovem Doutor:
Prof Dr Chao Lung Wen.

Coordenadora geral do Projeto de Bauru:
Profª Drª Wanderléia Quinhoeiro Blasca.

Docentes do Departamento de Fonoaudiologia:
Profª Drª Alcione Ghedini Brasolotto;
Profª Drª Luciana Paula Maximino;
Profª Drª Giédre Berretin-Felix;

Pós-graduandos:
Camila de Castro Corrêa;
Cássia de Souza Pardo-Fanton;
Aline Martins;
Júlia Speranza Sabeu;
Andressa Sharllene da Carneiro da Silva;
Karis de Campos;
Mirela Machado Picolini.
Graduandos:
Ricelly Avila da Silva;
Guilherme Toyogi Tanizaki Barros.